Tom e Jerry, o menino e o dinheiro

Tempo de leitura: 3 minutos

No sábado eu acordei cedo, tenho aula as 8h, mas me enganei e coloquei para despertar as 6h. Liguei a TV, estava cansado demais para assistir vídeos no Youtube, e passei os canais procurando algo para me distrair até chegar a hora de sair. Parei em um desenho, que apesar de antigo, é ótimo para dar boas risadas: Tom e Jerry.

O desenho é engraçado, um gato corre atrás de um rato que apronta todas, pega comida, quebra coisas e põe a culpa no gato, mas no final ficam amigos.

Pensei em quanto este desenho é parecido com a relação com o dinheiro.

Imagine um menino que quer juntar dinheiro, vive correndo para alcançá-lo, economiza, guarda as moedas, negocia presentes, vende latinhas, e o dinheiro se vai nos lanches, em figurinhas, coisas que compra em lojas de brinquedos, e até nos consertos do que estraga sem querer, ou por não ter cuidado.

Um dia meu Ipad caiu no chão e quebrou a tela. Foi um acidente. Para arrumar, foi metade do valor de um novo e ocupou todo o dinheiro que eu estava economizando.

Aí você me pergunta: Érico, como acabar com essa briga de gato e rato, entre eu e meu dinheiro?

No desenho do Tom e Jerry, eles ficam amigos no final, e também não conseguem viver um sem o outro, se um está quieto, lá vai o outro provocar.

Para que você viva bem com o dinheiro, pode fazer algumas coisas:

  1. Entenda que para ter dinheiro você precisa ter atitude: quando seus pais derem uma graninha para você, não gaste tudo, planeje o que você fará com este dinheiro antes de usá-lo;
  2. Se você ganha dinheiro regularmente, como uma mesada, divida-o em potes: um pouco para gastar, um pouco para juntar e comprar algo que você deseja e um pouco para o seu futuro, para quando tiver 18, 20 anos, poder começar sua profissão. Assim você terás o máximo proveito dele.
  3. Ajude a economizar em casa, energia, água, telefone. Cuide do seu dinheiro, do dinheiro de sua família e do dinheiro público, se comportando fora de casa como se estivesse na sua, jogando lixo no lixo, não estragando plantas, praças e denunciando vandalismo. Pois o que você costuma fazer fora de casa, acabará fazendo dentro de casa.
  4. Cuide de suas coisas para não quebrar, senão você gastará com conserto ou com reposição de algo novo.
  5. Seja amigo do dinheiro que ele vem. Isso se chama energia positiva. Se você pensar coisas boas, atrai coisas boas. O pensamento é uma fábrica, é onde tudo começa. Faça um teste: pense em coisas tristes, seu cachorro adoeceu, seu computador estragou, seu celular caiu no chão e quebrou. Você já deve estar chorando. Agora esqueça tudo isso e faça o contrário: Imagine um dowload grátis daquele jogo que você tanto quer, um cineminha com a galera, um passeio animado. Sua expressão mudou, e aí você conseguirá enxergar mais oportunidades de trazer coisas boas.

Seja amigo do seu dinheiro, e ele virá até você!

Dica do Érico: O pensamento é uma fábrica, é onde tudo começa. Pense em coisas boas e sua mente encontrará formas de conseguir.

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *