Você conhece financês? Pra começar, conta e juros.

Tempo de leitura: 2 minutos

Olá galera, hoje nosso assunto é sobre financês! Copiei da gíria economês, mas não vou falar de economia, mas dos termos usados em finanças e que servem para o deixar mais pobre ou mais rico, dependendo de que lado você decidir ficar!

Uma boa parte dos jovens e adolescentes têm pouco contato com assuntos financeiros, que são bem importantes por toda a vida, e que já agora podem ser utilizados tanto para aumentar sua habilidade com dinheiro como também para fazer seu dinheiro render mais.

Na maioria das vezes, falta oportunidade de controlar algum dinheiro, ou até de se programar para comprar algo maior.

Mas se de grão em grão a galinha enche o papo, de moeda em moeda eu fico milionário! É bom conhecer e colocar em prática, mesmo que você tenha pouco dinheiro. Se tiver nenhum dinheiro, leia o post anterior!

Vamos a alguns destes termos:

Conta: se você guarda dinheiro em casa, pode perder, gastar mais do que deve ou simplesmente não fazê-lo render. Você pode abrir uma conta em um banco ou cooperativa de crédito. Tem que levar seus documentos (RG e CPF) e um comprovante de endereço em nome dos seus pais. Eles precisam ir junto, porque até 16 anos, eles que assinam, e dos 16 aos 18, eles assinam para autorizar você a usar a conta, e depois disso, você se vira! Como você não terá renda ainda, basta uma declaração de seus pais de um valor de mesada, para justificar os depósitos. A conta pode ser:

Conta poupança: somente para aplicar em poupança. Não tem taxas e nem acesso a outros produtos.

Conta corrente: é uma conta que tem várias utilidades, você pode aplicar o seu dinheiro, acompanhar pelo aplicativo, ter cartão, etc. E existe a conta de serviços isentos, que não tem custo nenhum.

Juros: são filhotes que o dinheiro produz em um banco ou cooperativa de crédito. Você pode receber, quando leva o dinheiro para aplicar, ou pagar, quando quer usar o dinheiro antes de receber e pede adiantado. Eu prefiro receber filhotes do que pagar!

Investimentos: são depósitos que você faz de seu dinheiro para receber juros, o dinheiro que você guarda e deposita dará filhotes. São os meus preferidos, mesmo que seja R$ 20,00, está lá, “chocando os ovos”.

Dívidas: é quando você pega dinheiro emprestado, antes de ter. Depois vai ter que dar um jeito de devolver, pagando juros por isso.

Por hoje é só! Abra a sua conta e me conte como foi!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *