Como fazer dinheiro na quarentena

Tempo de leitura: 6 minutos

Por causa de uma doença que apareceu no outro lado do mundo, vivemos um período de isolamento social, mesmo que parcial com retorno gradativo, mas que trouxe uma mudança gigantesca em nossas vidas. Seria possível que de uma hora para outra o coronavírus desaparecesse e pudéssemos voltar ao ritmo normal? É provável que as mudanças de hábitos e até de valores façam que a vida nunca mais seja a mesma, porque afetou a forma como nos comportamos.

Mas, o que se pode fazer em um período em que estamos em casa, sem poder sair, ou saindo menos que o habitual?  Não indo trabalhar, estudar ou se divertir? Muitas pessoas ficam entediadas facilmente, por terem energia sobrando e pouca atividade a se fazer, outras, simplesmente enjoaram de fazer a mesma coisa todo dia. Muitos perceberam que, por não poder trabalhar da mesma forma, seu dinheiro diminuiu. Então, porque não utilizar o tempo livre e energia em formas complementares de fazer dinheiro?

Muitas pessoas já faziam isso, o “home office”, que também foi adaptada para estudos (home schooling), e tratamento médico (home caring). Nesses casos, as pessoas envolvidas precisam criar, ter ideias, transformá-las em projetos e executá-las, como professores, escritores, poetas, contadores, designers, enfim todos os trabalhos que não dependem de local físico para serem realizados…

 

Mas e quanto àqueles que executam trabalho manual, ou que não conseguem fazer tudo que precisam a partir de um computador? Bem, nesse caso há duas opções, ou ficar parado, fazendo de conta que são férias dentro de casa, ou podem agir para conseguir um dinheiro a mais (ou até muitas vezes quem pratica home working fica com um tempo livre que pode aproveitar). Então vamos falar de outras formas de produzir renda sem sair em casa, a maioria delas até já sabemos, mas vamos lembra-las e colocar em prática!

Para começar, lembro que fazer dinheiro não é apenas ganhar mais, mas também é economizar o dinheiro que tem e planejar o seu melhor uso. Por exemplo, você compra o almoço todos os dias, mas se ao invés disso, usar um intervalo no trabalho para usar aquela 1 hora que você estaria no trânsito voltando para casa, para preparar a sua comida, aquele dinheiro que você deixou de gastar, também vira lucro! Usar um tempo para arrumar a casa pode fazer você encontrar itens que não lembrava que tinha, para usar ou vender. Com tempo livre, dá para planejar melhor as idas ao mercado, e com isso comprar o necessário e gastar menos, ser mais criativo e reaproveitar.

A ecologia do dinheiro passa por usar os recursos com mais responsabilidade, ou seja, gastar o necessário, reutilizar, reaproveitar, reciclar. Com isso usamos menos recursos e beneficiamos o mundo como um todo. O excesso prejudica e não traz benefícios, pois o dinheiro poderia ser utilizado em outras coisas.

Quando se está em casa trabalhando, várias coisas podem nos distrair, e uma dessas coisas é a geladeira. Mesmo que seja aquela olhada de costume, para ver se tem algo para comer, normalmente te deixa com mais fome que o normal, enquanto no trabalho você não teria tempo para isso. E isto geralmente é um hábito.

 

Então, que tal aproveitar este hábito para o bem? Alguns choram, outros vendem lenços. Em vez de usar a geladeira para comer, engordar e gastar mais, use-a para produzir e fazer dinheiro. Uma forma que eu já testei e deu certo foi fazer brownies. Também já vendi doces na escola e já comprei rifa de cesta de chocolate ou vale-pizzas de crianças que estavam vendendo para realizar um sonho. Você poderia me perguntar: como assim, Érico, então você gasta seu dinheiro com essas coisas, comprando rifa? Eu respondo que ter o meu dinheiro é bom, e ajudar os outros a terem o seu também é. O que eu não faço é gastar à toa. Prefiro vender do que comprar, mas se tem alguém precisando de ajuda, faz parte do meu papel de apoiador.

 

Pensando que tem mais gente em casa, com fome, que tal pensar em algo que pudesse vender? Mas, se a gente está de quarentena, como vai entregar a comida que vendeu? Simples, com delivery! Neste tempo de perigo de contágio, é bom tomar os cuidados de higienização e distância, por exemplo, depositar a caixa com a comida no baú de entrega e se afastar, aí a pessoa paga, pega o pedido, e entra em casa.

Outra ideia que pode render uma graninha é pesquisar quem são as pessoas de risco, e oferecer para fazer o trabalho de sair de casa, ir ao supermercado ou farmácia, negociando um preço por este serviço. Você também pode levar os pets de seus vizinhos para passear (lembrando de na volta limpar com água e sabão as patas deles), pois assim os nossos animais não ficam com saudade e ansiedade por ficarem presos também.

 

Se você sempre tomar cuidado, lavar as mãos, usar máscara e álcool, manter distância e seguir todos os cuidados necessários, o vírus logo irá desaparecer e a vida retoma o seu ritmo, que nunca mais será o mesmo, pois novos tempos criam novos hábitos, novas formas de dar valor à vida, às pessoas e às coisas.

Outra dica é explorar mais as oportunidades online, sem perigo de se contaminar ou de contaminar outros, e apesar da internet ser associada a lazer e diversão, existem inúmeras oportunidades de fazer dinheiro nela. Por exemplo, caso queira começar um investimento a longo prazo, pode começar a gravar vídeos, ou fazer streams / lives, para daqui algum tempo, começar a ganhar dinheiro com eles. Ou até mesmo algo mais imediato, como por exemplo, em sites como o vintepila.com.br, ou o site americano fiverr.com, você pode fornecer serviços, fazer coisas que você gosta e ganhar dinheiro. Por exemplo, existem muitos serviços de desenho com características diferentes, ou edição de vídeo ou imagem, ou simplesmente jogar um jogo que você é bom com alguém.

Toda hora é hora de usar a criatividade, mas agora é mais ainda, porque você pode usar o tempo em que você estaria no transito ou caminhando para chegar em outro lugar para otimizar esse tempo e fazer algo produtivo. Não precisa ser necessariamente fazer dinheiro, também pode ser um investimento em qualificação, como estudar e aprender uma coisa nova que será útil no futuro.

 

Mas o mais importante é se proteger e proteger os outros desse vírus altamente contagioso, cuidar de sua saúde mental e sempre pensar em oportunidades para ter uma vida melhor!

 

Então se cuidem e cuidem do próximo,

Até a próxima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *